terça-feira, 12 de julho de 2016

YLANG-YLANG ( Canangium odoratum)

O Ylang-Ylang (Canangium odoratum) é uma árvore de porte médio com tamanho variando de 10 a 15 metros, esse nome é de origem inglesa e derivado do malaio "Alang-Alang"que significa a flor das flores. Pertence à familia das anonáceas e é encontrada em estado nativo na India, Filipinas, Arquipélago Malaio e Ilhas do Pacífico. No entanto os maiores plantios dessa espécie para fins comerciais estão localizados nas Ilhas Comores no Oceano Indico.


Sua aparência não chama muito a atenção pois sua copa é estreita e rala e lembra até um parente seu aqui da Amazônia, o Biribazeiro ( Rollinia mucosa ). As flores também pelo visual não impressionam pois são de coloração amarela esverdeada e misturam-se à folhagem da árvore, são agrupadas nas axilas das folhas em racemos curtos e aparecem nos meses de março a maio de forma mais abundante. Floradas esporádicas em menor quantidade ocorrem praticamente durante o ano todo.


Mas o que há de tão especial nessa planta ? O que torna essa árvore inesquecível é o perfume de suas flores que se torna mais marcante ainda no cair da tarde prolongando-se até as manhãs quando pode ser sentido de uma boa distância. Dessas flores é extraido um óleo aromático através de destilação que é utilizado em diversos perfumes inclusive no famosíssimo Chanel n.5.


As populações nativas dos países onde ocorre o Ylang-Ylang costumam fazer adornos com sua ramagem florida e perfumada para enfeitarem suas residências. As árvores dessa espécie cultivadas aqui no Brasil produzem grande quantidade de frutos em pencas que quando maduros são muito apreciados por pássaros frugívoros.


Por ser árvore de madeira mole, típico de plantas da família das anonáceas, deve ser cultivada em parques, alamedas e jardins espaçosos longe de construções.


Curiosidade: As flores do Ylang-Ylang são polinizadas por mariposas, à noite portanto seu cheiro é mais intenso sendo liberado desde o anoitecer até o amanhecer. Essas flores para serem usadas no processo de destilação devem ser colhidas ao nascer do sol, quando seu aroma ainda está intenso.


DICAS DE CULTIVO : Plantar em covas espaçosas com pelo menos 50 cm. de diâmetro por 50 cm. de profundidade juntando 10 litros de esterco bovino ou 10 litros de terra vegetal mais 500 gramas de farinha de ossos ou superfosfato simples. Misturar bem todos os adubos com a terra retirada da cova, nivelar bem e plantar a muda em seguida . Também é importante fazer uma coroa ao redor da cova para reter melhor a água das irrigações.

Texto e fotos :  LUIS BACHER

Onde encontrar mudas :
DIERBERGER PLANTAS LTDA.
Fazenda Citra - Limeira - SP.
CEASA CAMPINAS - Mercado de Flores - Box R-14
www.fazendacitra.com.br
Tel. (19) 3451-1221


Nenhum comentário:

Postar um comentário